quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Tudo o que você não sabe sobre... a coruja

A coruja sempre foi ligada na cultura ocidental ao símbolo de sabedoria, mas essa ave tem muito mais curiosidades que isso, que é normalmente o que as pessoas sabem somente. Na verdade esta é uma ave de rapina que tem um vôo muito silencioso e é solitária. São grandes e exímias caçadoras, predadoras de morcegos e somente não se encontram na Antártica, na Groenlândia, em sua maior parte e mais umas poucas ilhas perdidas. Fora isso existe 126 espécies de Corujas espalhadas pelo mundo todo. Destas, 18 delas podem ser encontradas aqui no Brasil e como é um animal que felizmente não é transmissora de nenhuma doença, convive em perfeita harmonia com o homem.O alimento da coruja é pequenos mamíferos como os morcegos, ratos, camundongos além de grilos gafanhotos, aranhas e aves menores. Uma característica diferente da coruja é que ela engole as presas inteiras e depois vomita o que não pode ser aproveitado. Um fato bastante interessante é que nas Filipinas podem ser encontradas corujas que se alimentam de peixes e pescam para isso. Quem vê uma coruja pode pensar que é uma ave lerda, mas ela não é presa fácil para os predadores naturais da espécie que é o gato-do-mato, o gavião e as cobras que precisam de muita astucia para acertar a coruja. Apesar de seus grandes olhos, essas aves enxergam muito pouco, a pequena distancia e como os humanos sua visão é binocular. A coruja enxerga muito bem quando a distancia é grande e melhora ainda, se a luz for pouca. Por isso costumamos dizer que tem olhos de coruja quando uma pessoa se direciona bem durante a noite, pois elas enxergam muito bem mesmo na total escuridão.



Quando um perigo as ameaça elas podem girar a cabeça num ângulo de 180 graus para ver melhor e se defender.



É muito comum para nós encontrarmos corujas "tirando uma soneca" durante o dia. Em geral suas penas são escuras e misturadas com branco, porém no pólo norte pode encontrar a coruja polar que tem a plumagem toda branca. As orelhas dessas aves são invisíveis, porém elas têm uma audição extremamente aguçada. O disco de penas que possui na volta dos olhos serve para direcionar os sons emitidos pelas suas presas até as orelhas e isso facilita para que possa caçar no escuro.



A expressão Pai e Mãe "coruja" usada pra quem não vê defeito algum nos filhos, por mais defeitos que tenham. Se deve à fábula: a coruja e a águia fazem acordo para respeitar as respectivas ninhadas. A coruja explica que é fácil reconhecer seus filhotes: são os mais lindos da mata. Quando a águia encontra o ninho da coruja, devora os filhotes, pensando: “Tão feios assim, não podem ser os da coruja.” Moral: quem o feio ama, bonito lhe parece. Temos algumas espécies de corujas, que chegam a viver entre 15 e 20 anos.



Agora deu pra entender a fábula né? Heheheh

4 comentários:

Drw Wendys disse...

Nossa muito entereçante lembro dessa fabula que me contaram ainda na 1º série, mas muito bom mesmo saber mais sobre as corujas.

Anônimo disse...

Muito bom concordo, porém ha algumas informações erradas. Existem mais de 200 especies de corujas. Ela viram o pescoço 270°. E não é coruja polar, é coruja da neve. ;)

Anônimo disse...

Kkkkk

Prado Vinicius disse...

muito bom, e por falar em corujas, um site legal, que vende só presentes com o tema coruja: http://www.escolhadiferente.com.br