terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Terra

Foto: Sebastião Salgado.
Aos pés marcados pela terra vermelha 
Em contínua marcha de luta, 
Os corações ardendo em chamas 
Mesmo quando na labuta; 
A injustiça, vossa centelha. 

O movimento movimenta-se em frente 
Contra o latifúndio, unidos em correntes; 
Terra pra quem planta, 
Terra para gente. 

Acampa-se na terra, 
Assenta-se na terra, 
Planta-se na terra, 
Vive-se da terra. 

Terra para quê? 
Terra para quem? 
Sem tais perguntas não há respostas, 
Não há propostas de uma nova história, 
Não há luta, não há vitória. 

Diego Ruas

Um comentário:

Blog Jeová falso deus disse...

OLA AMIGO COLOQUEI SEU BANNER NO MEU BLOG... http://jeovanaoeopai.blogspot.com.br/

VALEU